Um detalhe importante que muitos profissionais experientes e qualificados não param para pensar é o quanto o nível de Inglês Corporativo ou a falta de confiança ao se comunicar pode influenciar na hora de ser promovido no trabalho ou na hora de ser escolhido em um processo seletivo. Quer saber o por quê falar inglês com confiança é tão essencial para atingir objetivos profissionais?

Bem todos concordam que o inglês é o idioma dos negócios e com a migração de negociações e reuniões para o ambiente online as barreiras físicas entre países foram removidas, criando um ambiente cada vez mais internacional onde estagiários, analistas, especialistas e gestores sejam expostos a comunicação global e foi essa aproximação de mercados que contribuiu com que muitos parassem para refletir que para se dar bem na empresa ou mesmo atingir novos passos de carreira precisam se tornar “fluentes” não apenas no currículo.

O inglês para negócios sendo o diferencial na carreira

Atualmente no Brasil experiência e qualificação não são suficientes para se destacar no mercado de trabalho e como são baixos os números de brasileiros que têm a habilidade de falar em inglês em diversas ocasiões no trabalho, este idioma já se tornou o investimento que vai fazer você se destacar te trazendo um grande diferencial.

Segundo Rafael Falcão diretor da Hays Brasil que é líder mundial em recrutamento e seleção de média e alta gerência “se for pensar no melhor retorno, no melhor custo-benefício para o profissional, tenho certeza de que é o inglês. Não estímulo a fazer um MBA aqui no Brasil se a pessoa ainda não tem uma proficiência em inglês”. 

Por este motivo, percebemos que empresas estão cada mais exigentes buscando comprovar que o candidato tenha desenvolvido a habilidade de falar inglês com confiança já que a comunicação no idioma dos negócios é essencial para posições onde o contato com clientes, fornecedores e representantes estão em outros países.

E o que fazer quando ainda nos sentimos inseguros quanto ao aprendizado e desenvolvimento?

É muito comum nos deparar com profissionais que já investiram tempo e dinheiro em diferentes escolas, porém sem efetivos resultados se sentem desestimulados e com um sentimento de limitação. Por isso, para melhorar e desenvolver o inglês é preciso se conscientizar que o fato de não ter notado grandes resultados se dá pela estrutura dos cursos oferecidos no Brasil. Provavelmente você já teve aulas com um professor sem a fluência necessária, sem qualificação para ensinar inglês como segundo idioma ou mesmo que começou a ensinar por ter aprendido inglês em um intercâmbio, certo? Bem, esses fatores contribuem não apenas com a falta de evolução, como também com o bloqueio do aluno que na maioria das vezes pensa que o inglês é “difícil” ou que ele (a) não consegue aprender.

A boa notícia é que a forma de aprender, melhorar ou praticar o inglês se transformou com a pandemia.

O que antes era possível apenas por meio de uma viagem a um país de língua inglesa foi transformado com o ensino online. Atualmente, adultos têm a oportunidade de encontrar cursos online diretamente de escolas do exterior com a mesma estrutura dos presenciais e muitas vezes com valores em reais, como é o caso da Falable – Academia de inglês que oferece valores diferenciados para as aulas online. Agora desenvolver um conjunto habilidades de comunicação em inglês geral, específico para uma área ou para reuniões, entrevistas, apresentações e networking é possível sem sair do seu país ou desligar-se das atividades profissionais.